Passo a passo começamos a caminhar cara a XII Marcha às Cadeas 2018

A associaçom de familiares e amigos/as dos presos e das presas galegas Que Voltem! organiza umha nova ediçom da Marcha às Cadeas para exigir o cumprimento dos dereitos humanos dos presos e presas independentistas e reclamar o fim da política de dispersom e afastamento.

Que Voltem! decidiu trasladar para a primavera de 2018 a mobilizaçom que tradicionalmente se celebra por volta do Nadal. Deste jeito, a XII ediçom da Marcha às Cadeas terá lugar o sábado 21 de abril, coincidindo coa semana na que se comemora o Dia Internacional dos Presos e Presas Políticas. Como em anteriores ediçons, o objetivo da marcha é visitar todas as cadeas nas que se atopam os presos e as presas independentistas: Ocaña, Dueñas, Topas, Mansilla e Villabona. Para isto, a organizaçom disporá de transporte con praças gratuitas com saídas desde o sur e o norte do País.

Desde a nossa associaçom concebimos a Marcha às Cadeas como umha mobilizaçom coletiva que atinge as entidades, organizaçons e pessoas preocupadas polos dereitos humanos dos presos e presas independentistas. Por este motivo, desde Que Voltem! damos começo a umha campanha de solidariedade e mobilizaçom coletiva com os objetivos de difundir a celebraçom da marcha e de acadar os recursos necessários para fazer frente aos retos logísticos e económicos que esta exige.

Lembramos que a associaçom dispom todos os anos de transporte com prazas gratuitas. Para poder sufragar este gastos, Que Voltem! pom a venda desde já 400 bonos-ajuda de 5 euros. Neste sentido, a nossa associaçom vem promovendo e promoverá nas próximas datas a celebraçom de atos solidários em todo o País solicitando a colaboraçom das diferentes entidades, organizaçons, coletivos, centros socias, etc., que queiram sumar-se à campanha.

DT1KWXRXkAA2Co4.jpg large