Roberto Rodríguez entrega petiçom de traslado a umha cadeia em Galiza

No día de hoje, 23 de novembro, o vizinho de de Vigo, Roberto Rodríguez Fialhega Teto, vém de entregar um escrito de petiçom de traslado à terra perante a “Dirección General de Instituciones Penitenciarias”. A Teto detiverom-no em dezembro de 2011 numha operaçom contra o independentismo que rematou com seis pessoas detidas, das quais quatro forom encarceradas, umha posta em liberdade sem cárregos, e outra posta em liberdade com cárregos que depois forom retirados.

Nestes anos estivo na prisom de Estremera (a 676km) e actualmente atopa-se na de Villanubla (427km). Atopa-se num módulo de isolamento, completamente só desde meiados de outubro. Esta situaçom nom é nova, já que no ano 2015 estivo exactamente igual durante quase três meses, a pesar de ser esta situaçom ILEGAL. Umha mais de tantas vulneraçons que sofrem @s noss@s amig@s.

Neste ano 2016 familiares e amig@s de Teto gastamos a importante suma de 4.652.64€ e percorrimos 46.116km, para estar com el tam só 40 minutos a través de um vidro, ou duas horas em caso de ser familiar e poder fazer vis a vis.

A dispersom penitenciária é umha medida excepcional que Espanha aplica @s pres@s polític@s galeg@s, que ademais é contrária á Lei Orgánica Xeral Penal e contradise coa propia finalidade de reintegraçom social que a legislaçom penal atribúe á prisom.

NIM UM KILÓMETRO MAIS!!
TRAIAMO-LAS DE VOLTA PARA A CASA!!

teto